Marca, Memes e Direitos Autorais.

unnamed (4)

Você sabe o que significa Meme? É um termo grego que quer dizer: Imitação. O escritor e criador do conceito “Mesmes”, Richard Dawkins, em seu livro O Gene Egoísta, lançado em 1976, diz que é um composto de informações que podem se multiplicar em diversos locais, desde o cérebro, livros e atualmente, a nossa tão apreciada internet, propagando-se de indivíduo para indivíduo.

E algo que tem o potencial de se popularizar tão rápido combina exatamente com o meio digital, que proporciona a abrangência de diversas pessoas em questão de segundos. E por isso, hoje, é utilizado por muitas marcas, muitas vezes com o intuito de fins comerciais. Esse material traz proximidade entre consumidor e a marca.

E quando a minha empresa se utiliza de Memes com obras de alguém ou imagem de pessoas? A autopropagação com esse material conta com proteção específica na legislação de muitos países, já que o conteúdo utilizado não é de autoria pessoal. Logo, torna-se um risco muito grande para a imagem da marca. Quando o meme é alterado com intuição publicitária, sendo para promover algo, ele transforma-se em anúncio e nesses casos é necessário obter autorização.

Um caso que deve ser lembrado, é o Meme da Luiza, que estava no Canadá. Muitas marcas fizeram refêrencia ao Meme, no entanto, a Vivo contratou o pai da menina, para realizar um anúncio. Agindo assim, da melhor forma possível, evitando futuros problemas financeiros e de imagem da marca.

Blog, Comunicação, Design, Digital, Marketing, Mídia, Publicidade e Propaganda | | No Comments

« »